Autor Tópico: Um santoku com hamon  (Lida 1126 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline callega

  • Acredito que...nasci póstumo.
  • Skilled
  • *
  • Join Date: Nov 2011
  • Mensagens: 420
  • Localidade: Bento Gonçalves RS
  • Agradecimentos: 98
  • Vai e torna-te a ti mesmo. Nietzsche.
    • Meu site
Um santoku com hamon
« Online: Setembro 03, 2016, 19:03:13 »
http://www.callega.com/faca/view/1?ID_FACA=417

Lâmina desbastada em aço 1095.
Linha de têmpera (hamon) destacada. A lâmina somente é temperada na área do fio, em processo semelhante ao usado nos katanas.
Guarnições em níquel.
Cabo em cervo
Bainha em couro, costurada a mão.
Comprimento total:  32 cm.
Comprimento da lâmina: 20,8 cm.
Largura da lâmina próximo ao ricasso 47 mm.
Espessura da lamina próximo ao ricasso 2,8 mm.
















Offline Marcio Amaral

  • Membro júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2016
  • Mensagens: 27
  • Localidade: Rio de Janeiro, RJ
  • Agradecimentos: 2
  • Membro do FCA
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #1 Online: Setembro 03, 2016, 22:33:13 »
Boa noite
Parabéns pelo trabalho inspirador.
Fiquei com uma dúvida: Vc escreveu destaque do hamon, esse destaque é feito por apenas polimento ou foi feito algum tratamento químico na lâmina?
Marcio Amaral da Silva

Offline Gilberto Viana

  • Veterano Colaborador
  • *
  • Join Date: Nov 2011
  • Mensagens: 892
  • Localidade: Goiânia-GO
  • Agradecimentos: 38
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #2 Online: Setembro 03, 2016, 22:35:10 »
Muito bonita a facona, gostei.
O desbaste foi feito nos dois lados?
Valeu!

Offline callega

  • Acredito que...nasci póstumo.
  • Skilled
  • *
  • Join Date: Nov 2011
  • Mensagens: 420
  • Localidade: Bento Gonçalves RS
  • Agradecimentos: 98
  • Vai e torna-te a ti mesmo. Nietzsche.
    • Meu site
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #3 Online: Setembro 04, 2016, 08:31:35 »
Ola. Agradeço o tempo dedicado a comentar.
Sim, o desbaste segue a tradiçao daqui, convexo nos dois lados. O padrão japa é convexo de um lado, concavo do outro. MAs, como não estamos acostumados aos usos nipônicos....
COm relação ao hamon, ramônio ou o demônio, nestas fotos está destacado por ataque de oxidação, porém, mesmo polindo na roda, se revela.
O 1095 é um aço muito propenso à oxidação, prefiro ataque para apassivar a superfície.
Aliás, esta discussão de hamon, ramônio, ou o demônio, me faz lembrar certos puristas, inaptos à sua execução, que habitam as sombras do passado.
De qualquer forma, ele aprece mesmo lixando e polindo segundo a tradição judaico cristã. Dê-se a ele, o nome que desejar.
Na imagem abaixo percebe-se. A fotografia foi realizada durante a sua construção, em uma troca de ideias com um renomado, e experimentado,  mestre em metalurgia. PErdoe a falta e qualidade,  mas é uma foto de zapzap.  E, ao contrário do que os iluminados afirmam, aparece mesmo depois do lixamento mecânico.


« Última modificação: Setembro 04, 2016, 08:59:27 por callega »

Offline Marcio Amaral

  • Membro júnior
  • **
  • Join Date: Jul 2016
  • Mensagens: 27
  • Localidade: Rio de Janeiro, RJ
  • Agradecimentos: 2
  • Membro do FCA
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #4 Online: Setembro 04, 2016, 20:45:51 »
Obrigado!
Eu tinha visto um documentário mostrando a rotina de um polidor japonês e de seus discípulos. Ele usava uma pedrinha do tamanho de uma unha para fazer o polimento final e destacar o hanom.
Novamente, linda faca!
Marcio Amaral da Silva

Offline callega

  • Acredito que...nasci póstumo.
  • Skilled
  • *
  • Join Date: Nov 2011
  • Mensagens: 420
  • Localidade: Bento Gonçalves RS
  • Agradecimentos: 98
  • Vai e torna-te a ti mesmo. Nietzsche.
    • Meu site
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #5 Online: Setembro 05, 2016, 11:45:51 »
O polimento com pedras naturais não tem justificativa, no Brasil, pelos preços atingidos.
Tenho pedras japonesas, que serviriam para isto, e outras que substituiriam a "de dedo" que referes.
MAs as uso para afiar navalhas.
Tenho algumas "nagura", para levantar o slur pra afiar.
Pelo preço que paguei as preciosidades, não usaria para isto.
Para além do polimento, o "bizu" do negócio é a arte da têmpera. Poucos fazem isto ai, deixando a linha tão destacada.
Certa feita, li numa revista gringa (padrão p alguns), que a linha de tempera é a assinatura de uma têmpera bem feita. Nisto, concordo com eles.
Só para teres uma ideia, uma boa pedra japa, muito fina em grão, custa alguns milhares de dolares.
Obrigado.

Offline Reginaldo Sousa

  • Membro II
  • **
  • Join Date: Mai 2015
  • Mensagens: 199
  • Localidade: Boa Vista, RR
  • Agradecimentos: 3
  • Membro do FCA
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #6 Online: Setembro 09, 2016, 19:50:04 »
Linda peça


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Reginaldo Carvalho Sousa

Offline Lucas Calado

  • Membro júnior
  • **
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 47
  • Localidade: Niterói - RJ
  • Agradecimentos: 13
  • Membro do FCA
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #7 Online: Agosto 06, 2017, 16:36:41 »
Amigo Callega,
Por conta dos problemas do Photobucket não estou conseguindo ver as imagens, mas imagino que tenha sido um excelente trabalho.
Estou finalizando uma Gyuto, e fiz têmpera diferencial também.
Costumo usar um método tradicional para katanas pra revelar o hamon, porém como é uma faca de cozinha, acho mais válido um ataque químico mesmo.
O que você usou? Pensei em usar percloreto, mas ouvi dizer que a faca mancha facilmente em contato com alguns alimentos.... Existe algum tratamento mais adequado pra isso? Que revele o hamon, proteja de oxidação e não manche tanto?
Um abraço
Lucas Silva Calado

Offline callega

  • Acredito que...nasci póstumo.
  • Skilled
  • *
  • Join Date: Nov 2011
  • Mensagens: 420
  • Localidade: Bento Gonçalves RS
  • Agradecimentos: 98
  • Vai e torna-te a ti mesmo. Nietzsche.
    • Meu site
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #8 Online: Agosto 10, 2017, 16:15:36 »
Oi Lucas.
Na postagem inicial tem o link da minha página, para ver.
http://www.callega.com/faca/view/1?ID_FACA=417
Bem, no 1095, sem bem feito,  aparece hamon até depois da lixadeira, usando lixa comum, na mão.
Não tenho usado o método tradicional pelo custo das pedras. Uso-as para afiar minhas navalhas. Tenho algumas nagura e alguma coisa maior, pra usar como base.
Uso percloreto. Com relação a manchas, minha experiência diz que diminui muito, usando percloreto...
Acredito que o óxido criado, apassiva a superfície. No que vivi, digo que é trocentas vezes melhor uma lamina de carbono atacada por percloreto, do que sem.
MAs existe um "dogma" que circula entre os que se dizem senhores do saber, com relação ao percloreto.
Use percloreto, depois, use um "slurry" de uma de tuas nagura, direto sobre a lâmina, abrindo o "brilho"...
Vai remover quase todo "escuro" do percloreto, mantendo a linha de têmpera aparente..
Até com os nomes"hamon" e  "Linha de têmpera", os pseudo"doutos" reclamam.. deve ser falta de sexo..
Abraço..




Offline Lucas Calado

  • Membro júnior
  • **
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 47
  • Localidade: Niterói - RJ
  • Agradecimentos: 13
  • Membro do FCA
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #9 Online: Agosto 10, 2017, 19:23:42 »
Callega,
Muito obrigado pela resposta.
Realmente ficou linda sua faca.
Fiz a minha em 1070, e na verdade quando falei de "método tradicional" não estava falando do "ha-dori", que usa aquelas pedras pequenas (hasuya e jisuya). Na verdade tenho usado um tratamento que usa óxido de ferro em diferentes estados de oxidação chamado "nugui". Ele funciona de um jeito muito parecido que o ataque químico mas muito mais sutil, então acredito que pode oxidar mais facilmente do que com percloreto.
Fica mais ou menos assim:

Lucas Silva Calado

Offline callega

  • Acredito que...nasci póstumo.
  • Skilled
  • *
  • Join Date: Nov 2011
  • Mensagens: 420
  • Localidade: Bento Gonçalves RS
  • Agradecimentos: 98
  • Vai e torna-te a ti mesmo. Nietzsche.
    • Meu site
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #10 Online: Agosto 12, 2017, 19:56:16 »
LUcas, compre ardósia mineira. Ela é bem fina e funciona.
Dá pra "slurar" com pedra diamantada. E, se for num cara que trabalha com pedras, dá pra arrumar slurry no chão...
APlique com um feltro colado numa madeira...
Depois me conte.
Com aplicações "leves" de percloreto muito  concentrado, entremeadas por este "polimento" que descrevi acima, dá pra fazer coisa legal.
« Última modificação: Agosto 12, 2017, 20:17:25 por callega »

Offline Alexandro Scislewski

  • Membro júnior
  • **
  • Join Date: Fev 2017
  • Mensagens: 6
  • Localidade: Caetité, BA
  • Agradecimentos: 1
  • Membro do FCA
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #11 Online: Agosto 12, 2017, 21:24:49 »
Otima discussão!!!
Poderia fazer um tutorial com estas dicas Callega!! Muito interessante!!
Alexandro Rocha Scislewski

Offline Lucas Calado

  • Membro júnior
  • **
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 47
  • Localidade: Niterói - RJ
  • Agradecimentos: 13
  • Membro do FCA
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #12 Online: Agosto 12, 2017, 23:13:03 »
LUcas, compre ardósia mineira. Ela é bem fina e funciona.
Dá pra "slurar" com pedra diamantada. E, se for num cara que trabalha com pedras, dá pra arrumar slurry no chão...
APlique com um feltro colado numa madeira...
Depois me conte.
Com aplicações "leves" de percloreto muito  concentrado, entremeadas por este "polimento" que descrevi acima, dá pra fazer coisa legal.
Lembrei que tenho umas pedras japonesas bem finas aqui.... acho que até 6000. Talvez funcione com uma dessas. Valeu pelas dicas, abraço!
Lucas Silva Calado

Offline J. A. Voss

  • VCA Custom Knives
  • Administrador
  • *
  • Join Date: Jul 2010
  • Mensagens: 23.293
  • Localidade: Erechim - RS
  • Agradecimentos: 584
    • VCA Knives
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #13 Online: Agosto 13, 2017, 10:11:05 »
Links para as imagens corrigido ...
João Alexandre Voss de Oliveira
----
"The more you know, the less you carry"
Mors Kochanski
----

Meu website // Meu portfolio
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Não respondo MP´s ou emails sobre cutelaria artesanal. Para dúvidas utilize o fórum!
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------

Offline callega

  • Acredito que...nasci póstumo.
  • Skilled
  • *
  • Join Date: Nov 2011
  • Mensagens: 420
  • Localidade: Bento Gonçalves RS
  • Agradecimentos: 98
  • Vai e torna-te a ti mesmo. Nietzsche.
    • Meu site
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #14 Online: Agosto 14, 2017, 12:45:30 »
Otima discussão!!!
Poderia fazer um tutorial com estas dicas Callega!! Muito interessante!!


Essa  fase passou...  Arrumei inimigos e detratores em excesso...
Hoje, ajudo... Só.
O mais interessante de toda esta história é que, poucos são corajosos para abrir que aprenderam com tutoriais (o Voss é um dos raros). A enorme maioria cospe no prato que comeu...
Assim, mesmo sendo hoje um educador, digo: quer aprender, pague a um dos que se dizem "mestres", mesmo sem um diploma.
No nosso país, mestre defende dissertação perante uma banca, e o DIPLOMA deve ser reconhecido pelo MEC. Bem como doutor, mesmo olhando para aquela lei do império, DEVE defender tese perante banca de doutores, para receber DIPLOMA.... Doutor não é e nunca será pronome de tratamento.. É título..
Assim, os que se dizem mestres, com certificadinhos, não passam de enganadores de opinião.
Aliás, neste país, a prática é corriqueira.


Abrassom do Mestre Jean... Mestre em Educação, mas sou. E posso assinar Me. Jean, dentro da lei....

« Última modificação: Agosto 14, 2017, 12:46:29 por callega »

Offline Alexandro Scislewski

  • Membro júnior
  • **
  • Join Date: Fev 2017
  • Mensagens: 6
  • Localidade: Caetité, BA
  • Agradecimentos: 1
  • Membro do FCA
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #15 Online: Agosto 14, 2017, 16:43:44 »
É complicado mesmo Callega, já vi coisas similares acontecerem, mas obrigado pelo retorno e informações.
É incrível como as pessoas tem vergonha em ser humildes, é uma qualidade humana tão sublime e uma boa parte das pessoas afogam-na com o orgulho, petulância e a ignorância. O pior é que nossa sociedade a cada dia que passa está cada vez mais individualista e petulante, e ao invés de evoluirmos como sociedade, estamos regredindo em termos de convívio e respeito social. Total inversão de valores.
Em minha região não existem cuteleiros antigos ou pessoas com esse interesse específico (cutelaria como hobby) para discussão ou troca de informação, muito menos cursos, ainda bem que tenho o FCA  :) .
Moro  há mais de 15 anos na Bahia, no sertão, o que logisticamente dificulta a participação em cursos, pois os mesmos se concentram no sul e sudeste.  :'(


Alexandro Rocha Scislewski

Offline Lucas Calado

  • Membro júnior
  • **
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 47
  • Localidade: Niterói - RJ
  • Agradecimentos: 13
  • Membro do FCA
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #16 Online: Agosto 14, 2017, 21:11:22 »
Entendo sua opinião Callega,
Inclusive, acho que além de poderem gerar polêmica, tutoriais podem não ajudar tanto quem está lendo.
A maioria busca repetir exatamente o que é feito no tutorial, ao invés de tentar entender e reproduzir com sua própria técnica. Acho que o que mais vale é isso, a troca de informações e dicas. É muito mais proveitoso quebrar a cabeça um pouco, estudar referências externas e desenvolver os próprios métodos do que copiar um passo a passo sem nem entender o porquê daquilo tudo. Pelo menos penso assim....
Obrigado por ser tão atencioso com quem te procura por informação!
Um abraço
Lucas Silva Calado

Offline callega

  • Acredito que...nasci póstumo.
  • Skilled
  • *
  • Join Date: Nov 2011
  • Mensagens: 420
  • Localidade: Bento Gonçalves RS
  • Agradecimentos: 98
  • Vai e torna-te a ti mesmo. Nietzsche.
    • Meu site
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #17 Online: Agosto 15, 2017, 08:04:52 »
Amigos, DEVEMOS aprender a aprender, e aprender a desaprender e reaprender.
Assim dizem.
Acredito eu que, ao trilharmos o caminho do conhecimento, por nossos pés, adquirimos personalidade. Minhas facas dificilmente precisam de "marca"... Ao contrário de uma maioria que produz cópias de peças consagradas.
Estou a disposiçaõ de quem se dispõem..
Abraço

Offline Luiz Claudio

  • Membro júnior
  • **
  • Join Date: Set 2016
  • Mensagens: 44
  • Localidade: Colombo, PR
  • Agradecimentos: 1
  • Membro do FCA
Re:Um santoku com hamon
« Resposta #18 Online: Agosto 15, 2017, 14:03:22 »
Realmente uma assinatura esse hamom, mesmo no início me sinto endivida de compartilhar conhecimento com FCA, parabenizo os colegas.
Luiz Claudio Pino Gomes